Vereadores pedem solução para problemas no Mossoró Cidade Junina

por Amanda Santana Balbi publicado 20/06/2017 12h21, última modificação 20/06/2017 12h21
Na última semana, parte dos tapumes que separam a área dos camarotes caiu, atingindo uma motociclista e um carro que passavam pelo local e alguns palcos foram interditados pelo Corpo de Bombeiros.
Vereadores pedem solução para problemas no Mossoró Cidade Junina

Foto: Edilberto Barros

Os vereadores da Câmara Municipal de Mossoró pediram soluções para os incidentes que ocorreram no Mossoró Cidade Junina, na sessão desta terça-feira (20/06). Na última semana, parte dos tapumes que separam a área dos camarotes caiu, atingindo uma motociclista e um carro que passavam pelo local e alguns palcos foram interditados pelo Corpo de Bombeiros.

Genilson Alves (PMN) chamou atenção para os danos que a queda do tapume poderia ter causado se ocorresse no momento do evento. “Caiu quando não estava acontecendo o evento e machucou uma pessoa. Imagina se caísse as 9 horas da noite, durante o evento?”, questionou.

O vereador Rondinelli Carlos (PMN) se declarou insatisfeito com a estrutura do evento. “Quero relatar nossa insatisfação e temor pela estrutura montada no Cidade Junina de 2017. Pedimos e rogamos a Deus que outros acidentes não aconteçam. As estruturas estão deixando a desejar. Isso é fato. A prefeitura tem que tomar providências.”, pediu.

Alex Moacir (PMDB) parabenizou o trabalho preventivo realizado pelo Corpo de Bombeiros e disse que a Prefeitura de Mossoró está comprometida em sanar os problemas que estão ocorrendo durante o evento e notificar as empresas responsáveis pela montagem das estruturas. “O município não se exime das falhas que aconteceram. Em um evento dessa magnitude falhas podem ocorrer. O município fez um processo licitatório muito claro e as empresas que ganharam são responsáveis por essa estrutura. Quando o palco do Chuva de Balas foi interditado, o Corpo de Bombeiros fez um trabalho correto, o município notificou a empresa responsável pela montagem para que ela regularizasse a obra e tudo foi corrigido para que o espetáculo acontecesse. ”, explicou.

O vereador Alex Moacir explicou, ainda, que a prefeitura está notificando as empresas e que estas podem ser responsabilizadas para que não possam mais participar de licitações no futuro. “Os problemas existem, mas também temos que ver os benefícios que este evento está trazendo para a cidade. Aumentando a renda, empregos temporários, dinheiro circulando. As empresas serão notificadas e a prefeitura já se reuniu para pedir que seus servidores e secretários trabalhem em conjunto, buscando soluções imediatas para solucionar rapidamente qualquer problema que este evento, patrimônio imaterial da nossa cidade, apresente.”, finalizou. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.