Alex do Frango enaltece Caern e cobra recuperação de ruas

por Regy Carte publicado 02/10/2018 11h45, última modificação 02/10/2018 11h45
Vereador diz que promessa de emprego foi politicagem
Alex do Frango enaltece Caern e cobra recuperação de ruas

Vereador Alex do Frango em discurso na sessão desta terça-feira (foto: Edilberto Barros/CMM)

Uma boa notícia para os moradores do conjunto Integração, Zona Oeste da cidade, foi o foco central do pronunciamento do vereador Alex do Frango (PMB), no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, hoje (2). A informação é de que a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) solucionará o problema que antes existia com o abastecimento da comunidade.

Em reconhecimento, Alex exaltou o trabalho da direção da empresa, no escritório de Mossoró. “Quero parabenizar a todos que fazem essa direção, pois conseguiram equacionar um problema antigo, e é importante que tenhamos o abastecimento do precioso líquido de forma regular. Parabéns”, disse.

Buracos e empregos

Porém, diferente da notícia satisfatória da Caern, o vereador Alex do Frango lamentou o estado de abandono, segundo ele, que vivem os bairros de Mossoró. Em todas as comunidades, diz o vereador, observa-se o número crescente de buracos, e o conjunto Integração enfrenta esse problema em suas ruas.

“Culpo o secretário Yure Pinto, que não tem responsabilidade com o dinheiro que é público e deveria ser melhor tratado em benefício da cidade”, criticou.

Em defesa do secretário, os vereadores Francisco Carlos, Rondinelli Carlos e Alex Moacir destacaram a sua importância para conquistas importantes em Mossoró, como também Rio Grande do Norte em geral. Na própria Caern, lembraram, ele foi responsável pela mudança na tubulação em Mossoró.

Sobre a geração de empregos na cidade, o vereador Alex do Frango criticou a prefeita Rosalba Ciarlini que prometeu reabrir a Porcelanatti, quando na verdade, segundo ele, inaugurou apenas um escritório, sem gerar nenhum emprego. “Ela usou apenas para fazer politicagem em ano de eleição, e não deu em nada”, concluiu.

 

Por Sérgio Oliveira – Comunicação CMM

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.