Aline Couto defende reserva de mercado na construção civil

por Regy Carte publicado 23/05/2018 11h35, última modificação 23/05/2018 11h35
Parlamentar abordou tema na sessão desta quarta-feira
Aline Couto defende reserva de mercado na construção civil

Vereadora Aline Couto em discurso na sessão desta quarta-feira (23)

Em discurso na sessão da Câmara Municipal de Mossoró desta quarta-feira (23), a vereadora Aline Couto (PHS) se posicionou a favor da reserva de percentual, no mercado da construção civil de Mossoró, para trabalhadores domiciliados no município.

A reserva está prevista em Projeto de Lei de autoria da vereadora Sandra Rosado (PSDB), recentemente aprovado no plenário da Câmara, vetado pelo Executivo, cuja mensagem de veto “tranca” a pauta do Legislativo nas últimas duas sessões.

“Temos profissionais de alta qualificação em Mossoró desempregados, assistindo de braços cruzados às vagas sendo ocupadas por operários de outros municípios. Precisamos que uma parcela seja garantida aos trabalhadores daqui”, argumentou.

A vereadora citou exemplo do recente início da construção do Hospital da Mulher em Mossoró, próximo à Uern. “Fiz uma visita assim que começou a obra, com licitação vencida por empresa de Fortaleza, e todos os 12 trabalhadores eram de Fortaleza”, exemplificou.

Aline Couto esclareceu não ter nada contra trabalhadores de outros municípios, “mas é que, quando eles recebem seus salários, a tendência natural é que usem os recursos nas suas cidades de origem, porque têm compromisso com suas famílias”.

Saúde

No mesmo pronunciamento, a parlamentar registrou os 18 anos do Centro de Oncologia de Mossoró, hoje Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC). “Parabéns a todos da Liga. São mais 50 mil atendimentos, apesar de vários percalços e falta de atenção do Poder Público Estadual”, reconheceu.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.