Francisco Carlos defende Fundeb durante pronunciamento

por Amanda Santana Balbi publicado 17/12/2019 13h50, última modificação 17/12/2019 13h50
Para vereador, recursos do Fundo são essenciais para a educação pública
Francisco Carlos defende Fundeb durante pronunciamento

Vereador Francisco Carlos na sessão dessa terça-feira. Foto: Edilberto Barros

Na sessão ordinária desta terça-feira (17), o vereador Francisco Carlos (PP) defendeu a manutenção do financiamento da educação pública através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). O vereador, que é professor e está constantemente envolvido em pautas da educação pública, ressaltou os prejuízos que o fim do financiamento podem causar na educação pública.

De acordo com o vereador, a participação da União é necessária para garantir recursos aos municípios. “Mesmo com o Fundeb hoje, ainda falta recursos para garantir uma educação pública de qualidade. Por isso defendemos um novo Fundeb, permanente”, afirmou.

No final do próximo ano o Fundeb atual deverá ser extinto, pois tem um prazo de vigência estabelecido por lei, explicou o vereador. “O Movimento Educacional Brasileiro está fazendo um trabalho em todo o Brasil para que o Fundeb se torne um projeto permanente”, explicou.

A ideia é que a participação da União no Fundeb seja ampliada de 10% para 40%. “Precisamos destes recursos. Um país só se desenvolve através de educação pública de qualidade”, afirmou. Para Francisco Carlos, é necessário a união de vereadores e outros parlamentares para que isto ocorra. “O novo Fundeb é uma luta que deve ser de todos, pois é a favor da educação”, finalizou.