Frente aponta prioridades para pecuária de Mossoró

por Regy Carte publicado 26/11/2019 09h06, última modificação 26/11/2019 09h06
Grupo de trabalho se reuniu na Câmara, nesta sexta-feira (22)
Frente aponta prioridades para pecuária de Mossoró

Reunião da Frente Popular e Parlamentar em Defesa dos Criadores de Mossoró. Foto: Edilberto Barros

Vereadores e representantes do setor produtivo discutiram prioridades para a pecuária em Mossoró, nesta sexta-feira (22), na Câmara Municipal, em reunião da Frente Parlamentar e Popular em Apoio aos Criadores de Mossoró. Entre os encaminhamentos, está a necessidade de melhorias no Parque de Exposições Armando Buá (Feira do Bode).

Inaugurado há cerca de 18 anos, o espaço é palco de feiras semanais e da anual Festa do Bode, mas não tem se modernizado ao longo dos anos. “Todo o investimento que venha a beneficiar os criadores é bem vindo”, avalia o presidente da Frente, vereador Rondinelli Carlos (PMN).

Novas benfeitorias no parque de exposições também tem o apoio do vereador Alex Moacir (MDB), secretário da Frente Parlamentar, também presente à reunião. “É um espaço de grande importância para o fomento da pecuária no nosso município, porque estimula o comércio”, observa.

Abastecimento

O encontro da Frente Parlamentar também debateu a aplicação da Lei Municipal n° 3589, de 8 de dezembro de 2017, de autoria do vereador Rondinelli Carlos, que autoriza a perfuração e instalação de poços para abastecimento de água que beneficiem organizações rurais para o desenvolvimento sustentável.

A lei contempla o fornecimento de água para produção de alimentos orgânicos e os criadores de caprinos e ovinos. A ação é vista como fundamental para estimular a caprinocultura do município. “Percebemos boa vontade do Município de colocar a lei em prática”, observa Rondinelli Carlos.

Outro ponto abordado foi atualização de avanços na implantação do selo do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI), que está em fase de auditoria. Recentemente aprovada na Câmara Municipal de Mossoró, a medida dará oportunidade aos criadores venderem para todos os estados. Hoje, o comércio é restrito ao Rio Grande do Norte.

A reunião da Frente Parlamentar e Popular em Apoio aos Criadores de Mossoró contou ainda com a presença do professor Luís Soares da Silva, representando a Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos de Mossoró e Região Oeste (ASCCOM); Gladsney de Oliveira e Francisco Sales der Oliveira (Cooperativa Terra Viva).

Também Lecy Gadelha (Sebrae Rio Grande do Norte); Liz Carolina Assis (Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Ufersa); Vitor Hugo Pedro Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER); Moacir Pinheiro (criador), Fernando Fernandes (criador), Jean Carlos (Secretário Municipal de Agricultura), entre outros.