Frente parlamentar iniciará encontros regionais em defesa da Uern

por Amanda Santana Balbi publicado 18/06/2018 10h09, última modificação 18/06/2018 10h09
Reuniões em cidades começarão quinta-feira (21), em Mossoró
Frente parlamentar iniciará encontros regionais em defesa da Uern

Vereador Professor Francisco Carlos, coordenador da frente em defesa da Uern

A Frente Parlamentar e Popular em Defesa da Uern realizará série de encontros regionais em municípios polo, onde a universidade possui campus avançado. A mobilização começará por Mossoró, quinta-feira (21), às 8h, no miniauditório do Departamento de Comunicação (Decom), no Campus Central, e continuará em Assu, sexta-feira (22), às 16h, no auditório do Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão.

O colegiado também promoverá encontros regionais em Patu, Pau dos Ferros, Caicó e Natal, mas não necessariamente nessa ordem. O coordenador da Frente, vereador Professor Francisco Carlos (PP), explica que as reuniões objetivam divulgar a mobilização e, sobretudo, incentivar o envolvimento da sociedade em prol da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

“Vivemos um ano eleitoral, o qual enseja que as pessoas compreendam, cada vez mais, a importância da educação e do ensino superior, e se envolvam na discussão política em defesa da Uern. Nesses encontros regionais, vamos apresentar nossa pauta de trabalho e reforçar esse chamamento”, diz o parlamentar.

Comprometimento

Francisco Carlos acrescenta que, além das reuniões nos municípios, consta no cronograma 2018 da Frente sabatina com candidatos ao Governo do Estado e divulgação dos postulantes a deputado estadual, deputado federal e senador, que demonstrarem compromisso com a instituição.

“Queremos conhecer as propostas dos candidatos ao Governo, na sabatina, e divulgar os nomes comprometidos com a universidade, independentemente de partido e de ideologia, porque essa é uma mobilização suprapartidária e, especialmente, porque o que está em jogo é o fortalecimento do ensino gratuito e de qualidade, oferecido pelo Estado”, justifica o vereador. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.