Genilson Alves cobra mais transparência da Prefeitura

por Regy Carte publicado 08/05/2019 13h26, última modificação 08/05/2019 13h26
Vereador questiona contratos e obras do município
Genilson Alves cobra mais transparência da Prefeitura

Vereador Genilson Alves em ação na tribuna da Câmara, hoje, 8 (foto: Edilberto Barros)

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (8), na Câmara Municipal, o vereador Genilson Alves (PMN) disse estranhar renovação, em caráter emergencial, de contrato firmado sem licitação entre a Prefeitura de Mossoró e empresa de terceirização de mão de obra. A situação, segundo ele, precisa ser melhor explicada em nome da transparência com o erário.

“Mossoró é a cidade da crise, mas não existe crise para fazer aditivo em contrato milionário, com dispensa de licitação. Como justificar contratação em caráter emergencial de ASG (Auxiliar de Serviços Gerais), se já são quase dois anos e meio de gestão?”, questiona Genilson Alves, ao utilizar o Grande Expediente, em discurso da tribuna do plenário.

Sobre o Mossoró Cidade Junina, o vereador reiterou não ser contra o evento, haja vista importância socioeconômica para o município, mas diz não concordar com investimentos milionários de recursos da Prefeitura em montagem de estrutura, por exemplo, enquanto há carência de serviços básicos, como saúde, educação, limpeza pública, entre outros.

O parlamentar também criticou lentidão em obras públicas, apesar, segundo ele, de terem sido anunciadas “com festa” em 2018. “Ano eleitoral”, frisa. Citou como exemplo reforma de mercados públicos e praças, algumas, como Vigário Antônio Joaquim (Centro), ainda inacabadas, apesar de iniciada no ano passado. “O povo está vendo”, avisou Genilson.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.