Gilberto Diógenes denuncia atraso nos repasses da Prefeitura para a Previ Mossoró

por Amanda Santana Balbi publicado 12/11/2019 13h25, última modificação 12/11/2019 13h26
O vereador também se mostrou preocupado com possível privatização da CAERN
Gilberto Diógenes denuncia atraso nos repasses da Prefeitura para a Previ Mossoró

Vereador Gilberto Diógenes na sessão ordinária desta terça-feria (12). Foto: Edilberto Barros

Na sessão ordinária desta terça-feira (12), o vereador Gilberto Diógenes (PT) denunciou os atrasos no pagamento das prestações patronais pela prefeitura ao Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores de Mossoró (Previ Mossoró). O vereador também se mostrou preocupado com o Projeto de Lei 3.261/2019, que tramita no Congresso, que objetiva alterar os serviços de saneamento básico no país.

 Sobre a previdência dos servidores, de acordo com o vereador, a prefeitura não realiza nenhum repasse ao Previ Mossoró desde o mês de agosto de 2018. “Significa um déficit de 22 milhões ao Previ. Isto é preocupante e pode prejudicar a aposentadoria dos servidores. É uma irresponsabilidade com os servidores municipais”, afirmou.

Já em relação ao Projeto de Lei que tramita em Brasília, que visa privatizar o sistema de saneamento básico no Brasil, Gilberto Diógenes mostrou preocupação. Para o vereador, a privatização poderá encarecer os serviços de água e esgoto para a população mais pobre. “Somente três municípios do Rio Grande do Norte tem arrecadação necessária para realizar o saneamento básico”, disse.