Integrantes de comunidades missionárias entregam carta proposta à Câmara

por Amanda Santana Balbi publicado 04/06/2019 12h46, última modificação 04/06/2019 12h46
Carta faz parte de ação da Campanha da Fraternidade 2019
Integrantes de comunidades missionárias entregam carta proposta à Câmara

Maria da Conceição fez a leitura de trechos da carta proposta na Tribuna Popular. FOTO: Edilberto Barros

         Integrantes das comunidades missionárias da Paróquia São José estiveram na Câmara Municipal de Mossoró, na manhã desta terça-feira (04), para entregar uma carta com reivindicações de serviços e melhorias para diversos bairros de Mossoró. Trechos da carta foram lidos na Tribuna Popular por Maria da Conceição Barbalho e uma cópia foi entregue a cada um dos vereadores presentes.

         Maria da Conceição explicou que o documento foi escrito após a Campanha da Fraternidade de 2019, como resultado dos encontros feitos nas comunidades. “Fizemos uma formação na Campanha da Fraternidade, um estudo, e resolvemos fazer a carta proposta contendo as maiores dificuldades de moradores de diversos bairros de Mossoró”, explica.

         Bairros como Nova Mossoró, Cajazeiras, Wilson Rosado, Santa Helena, Santo Antônio, Bom Jardim, entre outros, foram citados. “Conclamamos qualidade nos serviços essenciais prestados nessas comunidades. Verificamos ausência de alguns serviços e outros que precisam ser melhorados”, disse Maria.

Relatos

         Foram listados problemas como áreas descobertas pela saúde ou baixa qualidade do serviço ofertado, falta de calçamento em ruas, deficiência na segurança, ausência de drenagem e outros. “Aqui somos o grito das comunidades. Solicitamos providências urgentes no atendimento à população”, finalizou.

Vereadores

         Os vereadores Alex do Frango (PMB), Ozaniel Mesquita (PR), Petras (DEM), Rondinelli Carlos (PMN), Raério Araújo (PRB) e Manoel Bezerra (PRTB) se colocaram a disposição para buscar soluções junto às comunidades citadas.  “Conte comigo e com todos os vereadores desta Casa nesta luta. Há reivindicações que não competem somente ao município e também iremos conclamar soluções junto às autoridades competentes”, disse Manoel Bezerra.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.