Lei que institui escolas bilíngues para surdos é promulgada

por Amanda Santana Balbi publicado 07/02/2020 11h10, última modificação 07/02/2020 11h10
Lei é de autoria do vereador Petras Vinícius
Lei que institui escolas bilíngues para surdos é promulgada

Vereador Petras Vinícius (DEM). Foto: Edilberto Barros

Pensando na inclusão de surdos, o vereador Petras Vinícius (DEM) propôs a lei nº 3.767, de 31 de janeiro de 2020, que institui a criação de escolas bilíngues na rede municipal de ensino de Mossoró. A lei foi aprovada pelos vereadores da Câmara Municipal de Mossoró em 2019 e promulgada nesta quarta-feira, 5 de fevereiro. 

As Escolas de Educação Bilíngue  para Surdos (EEBS) terão como público alvo crianças e jovens surdos que estão na educação infantil e ensino fundamental. “Nestas escolas as crianças aprenderão a língua brasileira de sinais como primeira língua e a língua portuguesa como segunda língua”, explicou o vereador Petras.

Inclusão

Este não é o primeiro projeto voltado à inclusão de pessoas com deficiência de autoria de Petras. O vereador é um dos responsáveis pelo projeto “A Praia é Para Todos”, que tem como objetivo oferecer opções de lazer para pessoas com deficiência na praia, de forma adaptada. O vereador também tem projetos voltados para pessoas com Transtorno do Espectro Autista.