Motoristas de terceirizada param por falta de pagamento, denuncia Raério

por Regy Carte publicado 05/12/2018 12h22, última modificação 05/12/2018 12h22
Vereador levantou a questão em sessão do legislativo, nesta quarta-feira (5)
Motoristas de terceirizada param por falta de pagamento, denuncia Raério

Vereador Raério alerta para problemas com servidores terceirizados (foto: Edilberto Barros/CMM)

Os problemas com os serviços das empresas terceirizadas contratadas pela Prefeitura de Mossoró se acumulam com o passar do tempo. A afirmação é do vereador Raério Emídio (PRB), que levantou o tema em sessão ordinária na Câmara Municipal, hoje (5), citando a paralisação dos motoristas dos ônibus escolares por falta de pagamento.

O novo episódio na difícil relação entre Prefeitura e terceiriza prejudica diretamente aos estudantes da zona rural, que ficam sem transporte para chegar a sua escola. “Os motoristas não estão recebendo seus salários, por isso, resolveram parar”, reforça Raério.

O vereador também lembrou do seu projeto que pede fardamento de identificação dos motoristas, como também o período de 15 anos para a frota circular e, em seguida, substituição dos ônibus velhos por novos, isso para melhor qualificar o serviço.

Diante do novo problema, o vereador Raério voltou a defender a realização de uma audiência pública para discutir melhor o serviço das terceirizadas e saber o motivo de tanto atraso no pagamento dos salários.

De acordo com Raério, existem duas versões para o caso quando, de um lado a prefeitura diz que fez o repasse e do outro a empresa diz que não recebeu. Raério concluiu denunciando que já existe terceirizada dispensando servidor sem a devida indenização e, segundo ele, é preciso colocar esse povo na mesma conversa para saber quem mente e quem diz a verdade.

 

Por Sérgio Oliveira – Comunicação CMM

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.