Ozaniel Mesquita defende concurso público na Prefeitura

por Regy Carte publicado 07/05/2019 12h30, última modificação 07/05/2019 12h30
Vereador justifica à necessidade da melhoria em serviços
Ozaniel Mesquita defende concurso público na Prefeitura

Vereador Ozaniel Mesquita usa tribuna da Câmara na sessão desta terça-feira (7)

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Mossoró, hoje (7), o vereador Ozaniel Mesquita (PR) reivindicou realização de concurso público, para diversas áreas da Prefeitura de Mossoró, a fim de suprir carência de servidores e melhorar serviços à população.

“Encaminho esse pleito, diante de um cenário de servidores do Município sobrecarregados, que, apesar da boa vontade, esbarram da deficiência de pessoal, que poderia ser amenizada ou resolvida, com oferta e preenchimento de vagas através de concurso público”, justifica.

Saúde e educação

O parlamentar também protestou contra macas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) retidas no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em decorrência da falta de leitos na unidade. “Esse problema está comprometendo o socorro de urgência à população”, alerta.

Ozaniel Mesquita ainda se posicionou sobre cortes milionários do Governo Federal no Orçamento de instituições de ensino superior, que prejudicam UFRN, UFERSA e IFRN. “Quantos projetos deixarão de ser executados com essa medida. Deixo aqui o meu repúdio”, registra.

Vetos

O vereador, por fim, posicionou-se contrário a mensagens de veto do Executivo a projetos, recentemente aprovados no Legislativo, por entender que embasam ações importantes, como criação do Ronda Mulher, a fim de oferecer mais proteção a mulheres vulneráveis à violência.

Participaram do pronunciamento de Ozaniel Mesquita os vereadores Alex do Frango (PMB), Petras Vinícius (Democratas), Rondinelli Carlos (PMN), Raério (PRB), Manoel Bezerra (PRTB), Genilson Alves (PMN) e Gilberto Diógenes (PT).

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.