Ozaniel Mesquita é contra vetos da Prefeitura a projetos da Câmara

por Regy Carte publicado 23/04/2019 12h44, última modificação 23/04/2019 12h44
Vereador também encaminha pleitos da população
Ozaniel Mesquita é contra vetos da Prefeitura a projetos da Câmara

Vereador Ozaniel Mesquita se posiciona sobre vetos do Executivo (foto: Edilberto Barros/CMM)

O vereador Ozaniel Mesquita (PR) se manifestou contrário a vetos do Executivo a projetos de lei, recentemente aprovados na Câmara Municipal de Mossoró. O parlamentar se posicionou sobre o assunto, em pronunciamento no Poder Legislativo, na sessão desta terça-feira (23).

São dez mensagens de veto, que trancam a pauta de votações da Câmara desde a semana passada, em razão de quórum insuficiente para apreciá-las. Ozaniel Mesquita justificou seu posicionamento à importância das iniciativas, que possuem grande alcance à população.

“É o caso dos projetos que criam o Conselho LGBT e que instituem o Ronda Mulher. Como reduzir a violência contra a mulher em Mossoró, se uma iniciativa como o Ronda Mulher está sento vetada?”, questiona o vereador, que defende a derrubada dos vetos em plenário.

Ele lembra existência de vetos que considera injustos, como recente veto à emenda de sua autoria, que assegurava recursos para compra de aparelho de Raios X, o qual a Prefeitura poderia alocar em qualquer unidade de saúde, como nas UPAs dos bairros Santo Antônio e Belo Horizonte.

Pleitos

No mesmo pronunciamento, o parlamentar apresentou outras demandas da população, como a deterioração de estradas na zona rural. “As comunidades de Santo Antônio, Cajazeiras e Passagem de Pedras estão praticamente intrafegáveis, só para citar algumas”, exemplifica.

O problema, segundo ele, estende-se à zona urbana, como no bairro Alto da Pelonha, onde as ruas estão ainda mais esburacadas devido às chuvas. “Próximo de lá, no conjunto Vingt Rosado, os moradores reivindicam limpeza do riacho, cuja obstrução impede passagem da água”, acrescenta.

O parlamentar também reivindica à Caern conserto de cano, que jorra água na Rua Nilo Peçanha, bairro Paredões, e ampliação da vacinação H1N1para maior parcela possível da população, e não apenas grupos de risco, e ainda linha de ônibus no loteamento Parque Universitário.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.