Raério lamenta situação do município e diz que não vai calar

por Sérgio Oliveira publicado 11/12/2019 13h16, última modificação 11/12/2019 13h16
Vereador comenta investigação envolvendo a prefeita Rosalba Ciarlini
Raério lamenta situação do município e diz que não vai calar

Vereador Raério em discurso na sessão desta quarta-feira, 11 (foto: Edilberto Barros/CMM)

Usando a tribuna do Legislativo Mossoroense, nesta quarta-feira (11), o vereador oposicionista Raério Cabeção (sem partido) lamentou a situação política do município, citando a investigação envolvendo a prefeita Rosalba Ciarlini sobre suspeitas na construção do estádio Arena das Dunas. Na avaliação de Raério, é triste acompanhar a gestora sendo investigada pela Polícia Federal, ao mesmo tempo que pede empréstimo de R$ 150 milhões.

Sobre sua posição contrária ao empréstimo, o vereador disse que se manterá firme. “Votei e votarei contra emprestar 150 milhões a uma pessoa que é investigada pela Polícia Federal. Vou continuar usando o poder da fala nesta Casa, pois fui eleito pelo povo para representá-lo”, enfatizou Raério. O vereador acrescentou que a bancada de oposição faz sua parte, ouvindo a população, que clama por mais segurança e qualidade no serviço de saúde.

Raério Cabeção seguiu sua fala, lamentando a situação de abandono do esporte mossoroense. Citou o caso do Ginásio de Esportes Pedro Ciarlini em estado de abandono, e o mesmo acontecendo com o estádio Nogueirão. “Esse estádio foi municipalizado, o prefeito assinou a transferência e a lei sumiu”, denunciou. O vereador reafirmou sua condição de continuar cobrando tudo aquilo que a população espera que seja feito.