Rondinelli Carlos faz críticas à mudança de discurso do PT no Município e Estado

por Amanda Santana Balbi publicado 06/11/2019 11h46, última modificação 06/11/2019 11h46
Vereador ressaltou contradição de partido ao aumento salarial para servidores
Rondinelli Carlos faz críticas à mudança de discurso do PT no Município e Estado

Vereador Rondinelli Carlos durante a sessão dessa quarta-feira

Na sessão ordinária desta quarta-feira (06), o vereador Rondinelli Carlos (PMN) fez um comparativo entre a Assembleia Legislativa do RN e a Câmara Municipal de Mossoró, em relação ao aumento proposto para os funcionários públicos. Rondinelli comparou a posição de vereadores de oposição em Mossoró e deputados de oposição, na Assembleia.

De acordo com o vereador, quando a prefeita Rosalba Ciarlini propôs um aumento salarial para os funcionários municipais, o vereador Gilberto Diógenes (PT) e outros vereadores da oposição foram contra, pois reivindicavam um aumento maior. E agora, quando a situação se repetiu no Estado, a deputada Isolda Dantas, também do PT, se ausentou da votação que pretende oferecer um aumento de 16% aos servidores. “Vemos que é apenas uma decisão política”, declarou Rondinelli.

Para Rondinelli, as decisões precisam ser baseadas no que é possível e devem ser tomadas com responsabilidade. “A Prefeitura de Mossoró ofereceu o aumento que poderia ser dando naquele momento, sem desequilibrar as contas do município. Agora, no Estado, o PT, que no município votou contra a Prefeitura, enfrenta essa mesma dificuldade, a mesma situação, quando os deputados de oposição pedem um aumento que não é possível”, afirmou.