Tribuna popular aborda importância do Tiro de Guerra

por Regy Carte publicado 28/03/2018 10h32, última modificação 28/03/2018 10h32
Subtenente do Exército Ailton Valau discursou na sessão desta quarta-feira
Tribuna popular aborda importância do Tiro de Guerra

Subtenente Valau usou a Tribuna Popular nesta quarta-feira

O projeto Tribuna Popular segue dando voz a setores da sociedade, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró. Na sessão desta quarta-feira (28), o espaço foi usado pelo subtenente do Exército Ailton Valau, que falou do trabalho do Tiro de Guerra 07-010.

O oficial lembrou que o Tiro de Guerra de Mossoró é uma instituição centenária, surgida em 1909 como clube de tiro, tendo como primeiro presidente Bento Praxedes, e que, ao longo de 108 anos, habilitou 11.400 jovens na prática de tiro e disciplinamento.

“O Tiro de Guerra consegue cumprir sua missão de, além da formação em manejo de arma, contribuir para formar o jovem cidadão. E a sociedade entende a excelência da instituição e contribui diretamente para um Tiro de Guerra forte”, diz.

O subtenente Valau informou que o Tiro de Guerra funciona através de parceria formal com a Prefeitura, com dotação orçamentária própria, aprovada na Câmara Municipal de Mossoró, no valor de R$ 50 mil ao ano, dividido em 12 parcelas mensais.

“A participação dos vereadores é fundamental para fazer um Tiro de Guerra mais forte. Sempre que precisamos, temos o apoio”, agradeceu o oficial, que aproveitou a oportunidade para solicitar apoio para reforma de parte da sede e para realizar premiação anual ao Atirador de Destaque do Ano em Mossoró.

Ao final do discurso do subtenente Valau, pronunciaram-se os vereadores Ricardo de Dodoca (Pros), Ozaniel Mesquita (PR), Petras Vinícius (DEM), Raério Emídio (PRB) e Izabel Montenegro (MDB), que enalteceram o papel do Tiro de Guerra em Mossoró e reafirmaram que continuam à disposição para apoiá-lo.

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.