Tribuna Popular enaltece Dia Nacional da Consciência Negra

por Regy Carte publicado 20/11/2018 12h36, última modificação 20/11/2018 12h36
Estudante propõe, em discurso, Plano Municipal em Favor da Juventude
Tribuna Popular enaltece Dia Nacional da Consciência Negra

Átalo Silva discursou na Tribuna Popular. nesta terça-feira, 20 (foto: Edilberto Barros/CMM)

No projeto Tribuna Popular, na sessão da Câmara Municipal de Mossoró de hoje (20), o estudante Átalo da Silva Souza, membro do coletivo Enegrecer, registrou o Dia Nacional da Consciência Negra e protestou contra formas de discriminação contra a população negra no Brasil.

“Nós, negros, somos a maioria do povo brasileiro, mas ainda somos subrepresentados na política, e exigimos que nossas casas legislativas se debrucem sobre a vida da população negra, que está nas zonas periféricas, no subemprego, marginalizado no acesso à educação e cultura”, denuncia.

Átalo Silva propõe debate sobre criação de lei, que crie o Plano Municipal de Combate ao Extermínio de Juventudes, através de ações em educação, esporte, saúde, assistência social, entre outras medidas, a fim para reduzir as desigualdades e o abismo social existente no Brasil.

Apartes

A vereadora Isolda Lula Dantas (PT) se somou ao pronunciamento do estudante, e criticou a dívida histórica o Brasil com a população negra, expressa em números: 61% da população carcerária são negros, e as mulheres negras ganham 70% do que as mulheres brancas.

Também participaram do debate os vereadores Rondinelli Carlos (PMN) e Izabel Montenegro (MDB), presidente da Câmara Municipal. Eles ressaltaram o compromisso de toda a Casa no auxílio de execução de políticas públicas em favor de mais justiça social em Mossoró.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.