Notícias

por Interlegis — última modificação 07/03/2017 16h56
Banco de notícias desta Casa Legislativa.

Projeto autoriza criação do programa “Bolsa Atleta” em Mossoró

por Regy Carte publicado 23/10/2018 13h04, última modificação 23/10/2018 13h04
Iniciativa do vereador Rondinelli Carlos tramita na Câmara Municipal
Projeto autoriza criação do programa “Bolsa Atleta” em Mossoró

Vereador Rondinelli, na sessão de hoje, destaca projeto (foto: Edilberto Barros)

O vereador Rondinelli Carlos (PMN) apresentou Projeto de Lei que autoriza a Prefeitura de Mossoró a instituir o programa “Bolsa Atleta”, iniciativa que tem como objetivo garantir a manutenção de atletas amadores da cidade, proporcionando condições para que eles se dediquem ao treinamento esportivo, viabilizando sua participação em competições locais, estaduais, nacionais e até internacionais.

O parlamentar destacou a importância da proposição na sessão ordinária desta terça-feira, 23. “Com o incentivo, o talento desses atletas será potencializado e eles poderão, inclusive, atravessar fronteiras representando a nossa cidade. O Projeto está tramitando nesta Casa Legislativo e pode ser aperfeiçoado com o apoio dos colegas vereadores”, pontuou Rondinelli Carlos.

Conforme previsto no Projeto de Lei, a Bolsa Atleta será concedida mensalmente aos beneficiários do programa, desde que sejam praticantes de qualquer modalidade esportiva, e façam parte, obrigatoriamente, de equipe representativa do Município de Mossoró, vinculada à Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, em jogos oficiais e não oficiais.

Para solicitar o benefício, o atleta deverá, entre outros requisitos, ter participado de competição esportiva em âmbito municipal, regional, estadual, nacional e/ou internacional no ano imediatamente anterior que pleiteia a concessão da bolsa; não receber qualquer tipo de patrocínio de pessoas jurídicas, públicas ou privadas e apresentar comprovação de que está devidamente matriculado em instituição de ensino público ou privado, com rendimento escolar satisfatório.

  

Por Maricélio Almeida – Comunicação Vereador Rondinelli Carlos

Manoel Bezerra diz que parte do eleitor está sem opção

por Regy Carte publicado 23/10/2018 12h59, última modificação 23/10/2018 12h59
Mais importante, segundo o vereador, será pacificar o país
Manoel Bezerra diz que parte do eleitor está sem opção

Vereador Manoel Bezerra analisa cenário político (foto: Edilberto Barros)

O vereador Manoel Bezerra de Maria (PRTB) também comentou o cenário político nacional, na sessão de hoje (23) da Câmara Municipal de Mossoró. Uma marca do segundo turno da eleição, segundo ele, é o sentimento de orfandade de parcela do eleitor.

“Milhões de pessoas se acham sem opções. De um lado, um candidato tido como uma ameaça à democracia. Do outro, um nome de um partido desgastado pelo envolvimento em atos ilícitos. Então, é um momento muito difícil”, analisa o vereador.

Apesar desse cenário, Manoel Bezerra disse que a decisão do povo brasileiro deve ser respeitada, principalmente a maioria do eleitorado. “Independentemente do vencedor, temos o desafio de pacificar o país e evitar mais radicalização”, pondera.

‘Voto pela consciência, e não pelo ódio’, defende Izabel Montenegro

por Regy Carte publicado 23/10/2018 12h45, última modificação 23/10/2018 12h45
Vereadora lamenta acirramento de ânimos na reta final da campanha
‘Voto pela consciência, e não pelo ódio’, defende Izabel Montenegro

Presidente Izabel Montenegro na sessão desta terça-feira (foto: Edilberto Barros/CMM

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Mossoró, hoje (23), a presidente da Casa, Izabel Montenegro (MDB), também lamentou acirramento de ânimos na reta final da campanha eleitoral.

“Assistem excessos de lado a lado. Inclusive, vilipendiando a memória de falecidos. Abomino essa forma de fazer política. É algo inadmissível”, disse a vereadora, na tribuna.

Izabel Montenegro exaltou o legado de Aluizio Alves, ex-governador do RN e ex-ministro, como político à frente do seu tempo e cujos ações até hoje são usufruídas no Estado.

“Que possamos usar a consciência na escolha de quem conduzirá os destinos do Brasil e do Rio Grande do Norte, próximo domingo, e não votar pelo ódio”, conclamou a presidente da Câmara.

Francisco Carlos repudia radicalização na política

por Regy Carte publicado 23/10/2018 12h34, última modificação 23/10/2018 12h34
Vereador também apresenta livro a ser lançado próxima semana
Francisco Carlos repudia radicalização na política

Vereador Francisco Carlos apresenta livro na tribuna da Câmara (foto: Edilberto Barros/CMM)

Na semana do segundo turno do pleito eleitoral 2018, o vereador Professor Francisco Carlos (PP) enalteceu, na Câmara Municipal de Mossoró, hoje (23), a importância do processo democrático e pediu bom senso contra radicalização do momento político.

“Peço às pessoas que baixem as armas, arrefeçam os ânimos, que exerçam o voto próximo domingo, com tranquilidade e consciência, sem qualquer tipo de demonstração de ódio, preconceito ou outro sentimento que não seja engrandecedor à sociedade”, defende.

Segundo ele, a democracia e a pacificação social são os caminhos para que se possa melhorar a vida do cidadão no Brasil e no Rio Grande do Norte. “Portanto, rechaço qualquer tipo de violência ou outro sentimento negativo, seja de que lado for”, diz.

Livro

Francisco Carlos acrescenta que a argumentação em favor do respeito às diferenças faz parte do seu discurso cotidiano, há anos. Prova disso é série de artigos, publicados na imprensa entre 2003 e 2004, e que agora acabam de ser editados em livro.

Intitulada "Breve passagens sobre o vento, as pessoas e as cidades”, a publicação será lançada no próximo dia 30, às 19h, no estande da Livraria Independência na Feira do Livro de Mossoró. “Todos são bem vindos no lançamento”, convida o vereador.

Vereador diz que agente de saúde não comparece ao trabalho

por Regy Carte publicado 23/10/2018 12h14, última modificação 23/10/2018 12h14
Episódio envolve assistência à saúde na comunidade de Riacho Grande
Vereador diz que agente de saúde não comparece ao trabalho

Vereador denuncia possível falta de servidores ao trabalho (foto: Edilberto Barros)

Responsáveis por um serviço considerado essencial para a comunidade, os Agentes Comunitários de Saúde estão sendo alvo de reclamações pela população e ganhou eco no plenário da Câmara Municipal de Mossoró. Em visita realizada na comunidade rural do Riacho Grande, o vereador Raério Emídio (PRB) ouviu relato de moradores denunciando a precariedade do serviço

De acordo com o vereador, são três agentes comunitários de saúde à disposição do Posto de Saúde da comunidade quando, na realidade, apenas um trabalha.

“Não estou denunciando todos os agentes, porém existem alguns que não aparecem no serviço e vão trabalhar de taxista”, denunciou Raério. O vereador prometeu em plenário que dará nomes e provará tudo que disse na tribuna da casa legislativa.

A exemplo dos problemas encontrados em Riacho Grande, o vereador Raério também visitou a comunidade do Jucuri e a história se repetiu. Segundo ele, o posto de saúde também se encontra em estado de abandono no tocante a sua assistência.

“Além da zona rural também encontramos problemas na área urbana, como por exemplo, o abandono da obra da ponte na rua Benício Filho, no São Manoel, promessa que já faz mais de um ano e a Prefeitura não realiza”, acrescentou Raério.

 A segurança de Mossoró também foi tema do vereador, lembrando que a prefeitura não pode ficar cobrando apenas do Estado, pois tem a obrigação de proteger sua população.

 

Por Sérgio Oliveira – Comunicação CMM

‘A paz é a gente que faz’, conclama vereador Petras

por Regy Carte publicado 23/10/2018 12h09, última modificação 23/10/2018 12h09
Parlamentar defende mobilização em favor da juventude
‘A paz é a gente que faz’, conclama vereador Petras

Vereador Petras em discurso na sessão de hoje (foto: Edilberto Barros/CMM)

O vereador Petras (DEM) iniciou, no final de semana passado, a entrega da Carta da Juventude a instituições públicas e privadas de Mossoró. O documento contempla ações em saúde, educação, cultura e outras, em prol dos jovens e contra a violência.

A carta é fruto de debates, com participação da juventude e de diversos segmentos sociais, na reunião da Frente Parlamentar da Segurança Pública, coordenada pelo vereador Petras, realizada na Câmara Municipal de Mossoró, no último dia 11.

“Esta semana, vamos dar continuidade às visitas às instituições, para entregar a carta e acompanhar o engajamento na mobilização”, informa Petras, na sessão plenária de hoje (22), ao acrescentar que isso será fortalecido por um Fórum.

“Vamos fazer o lançamento do Fórum da Juventude pela Paz, que monitorará e norteará o apoio das instituições que garantam empoderamento da juventude através do esporte, cultura e emprego. A paz é a gente que faz”, acrescenta o vereador.

 

Mandato Petras apoia praticantes de street workout

 

Em discurso na Câmara Municipal de Mossoró, hoje (23), o vereador Petras (DEM) celebrou aquisição de equipamentos para prática de street workout (treino de rua) na Praça de Esporte.

Em crescimento em Mossoró, a modalidade é realizada principalmente em parques ao ar livre ou instalações públicas, em que os praticantes se exercitam a partir do peso do corpo.

Os equipamentos foram instalados no final de semana e inaugurados oficialmente, ontem (22). “Nosso mandato e empresas parceiras viabilizaram a aquisição”, informa Petras.

O benefício, segundo ele, é mais um resultado do projeto do seu mandato “Gabinete nas Ruas”, que ouve demandas da população em bairros e comunidades rurais em busca de soluções.

Ampliação

“Fizemos a mobilização pela compra de equipamentos, mas em breve o espaço ficará limitado. Daí, a necessidade do Poder Público providenciar área mais ampla para o street workout”, defende.

O incentivo a modalidade, segundo ele, é um exemplo de que, quando se tem vontade política, o esporte é efetivamente fortalecido como instrumento de promoção à saúde física e mental.

Vereadores mirins defendem benefícios à comunidade

por Regy Carte publicado 19/10/2018 11h19, última modificação 19/10/2018 11h19
Sessão foi realizada na manhã de hoje (19), no plenário da CMM
Vereadores mirins defendem benefícios à comunidade

Mesa dos trabalhos na sessão do projeto Câmara Mirim desta sexta-feira (foto: Edilberto Barros)

Na sessão do projeto Câmara Mirim, na manhã desta sexta-feira (19), no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, os vereadores mirins – eleitos pela comunidade escolar a qual representam – fizeram pronunciamentos na tribuna e encaminharam indicações à Prefeitura, com reivindicação de benefícios à população.

O vereador mirim Aluizio Alves agradece pela drenagem na Rua Pedro Walmiro e indica reforma da Escola Municipal Senador Duarte Filho, e o vereador mirim David Beckhan pleiteia ronda policial próximo à unidade escolar, no conjunto Walfredo Gurgel.

“Nem telefone podemos levar pata falar com nossa mãe, porque podemos ser assaltados na porta da escola”, justifica.

Também na área da educação, a vereadora mirim Adriana Batista de França reivindica construção de quadra poliesportiva na Escola Municipal José Bernando, na comunidade rural Passagem de Pedras; e a vereadora mirim Larissa Fernanda Lima Alves, reconstrução do muro e instalação de cerca elétrica na Escola Municipal Dinarte Mariz (bairro alto de São Manoel).

Infraestrutura

Presidente da Câmara Mirim, Randerson Costa do Nascimento, aluno da Escola Municipal Celina Guimarães Viana (Barrocas), solicita religação de água na Praça Geraldo Couto (Paredões) e pavimentação da Rua Luiz Alberto Mendes Valentim.

Ao encerra a série de pleitos, o vereador mirim Cauã Victor (aluno da Escola Dinarte Mariz) reivindicou construção de ponte entre os bairros Ilha de Santa Luzia e Papôco; e a vereadora mirim Layla Santiago, conclusão de calçamento na Rua Cornélio Barbalho, ao lado próximo à escola onde estuda (Antônio Fagundes).

Encaminhamentos

Coordenadora da edição 2018 do projeto Câmara Mirim, a vereadora Aline Couto falou sobre o papel do vereador, parabenizou o trabalho dos estudantes e disse que os pleitos trazidos pelos vereadores mirins serão encaminhados às secretarias competentes, através do seu mandato parlamentar.

A sessão também contou com palestra do professor e advogado Breno Góis sobre A política na Formação do Cidadão, Abrindo Portas para um Futuro Melhor. “No plenário da Câmara, obviamente não cabe toda a população de Mossoró. Daí, a importância de o povo ser representado, e esse é o papel do vereador: representar cada um dos moradores em busca de benefícios coletivos”, ensina.

Também participaram da sessão os vereadores mirins Kelly Patrícia Oliveira de Brito, Rivanda Viviane Ferreira Freitas e Pâmela Sílvia de Assis. A reunião foi transmitida ao vivo pela TV Câmara Mossoró (sinal analógico, canal 16; sinal digital, canal 007) e será reprisada ao longo da programação.

Câmara Mirim tem mais uma edição nesta sexta-feira

por Regy Carte publicado 18/10/2018 09h56, última modificação 18/10/2018 09h56
Projeto fortalece promoção da consciência política do jovem
Câmara Mirim tem mais uma edição nesta sexta-feira

Projeto Câmara Mirim 2018: dando voz ao jovem (foto: Edilberto Barros/CMM)

A edição do projeto Câmara Mirim, nesta sexta-feira (19), às 9h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, terá foco mais incisivo na conscientização política do jovem. A importância desse valor será expressa na palestra “A política na formação do cidadão, abrindo portas para um futuro melhor”, ministrada pelo professor e advogado Breno Góis, do corpo técnico do Legislativo.

Na sessão, os vereadores mirins (estudantes de 12 a 15 anos) terão oportunidade de tirar dúvidas e se aprofundar no tema, e atuar como multiplicadores do assunto na comunidade escolar e no seu meio social. Trata-se de importante instrumento de formação política, segundo a vereadora Aline Couto.

“O projeto Câmara Mirim, por si, já estimula a conscientização política do jovem, pois ensina sobre o papel e a importância do vereador, ao simular o exercício do mandato. E a palestra do doutor Breno Góis reforçará esse conceito, ao aprofundar a reflexão sobre a necessidade da participação política”, comenta.

Interação

Coordenadora do Câmara Mirim em 2018, Aline Couto informa que a sessão é aberta ao público em geral, pais de alunos, professores e diversos segmentos sociais. “Todos são convidados para interagir com os jovens nesse momento de expressão da cidadania e exaltação do processo político e democrático”, convida.

Participarão representantes das escolas Senador Duarte Filho, Senador Dinarte Mariz, Colégio Pequeno Príncipe, Raimunda Nogueira do Couto, Celina Guimarães Viana, Leôncio José de Santana, Antônio Fagundes e José Bernardes. Na sessão, os vereadores mirins fazem pronunciamentos e apresentam requerimentos, em defesa de suas comunidades.

Mesa Diretora abre novo prazo para emendas à LOA 2019

por Regy Carte publicado 17/10/2018 13h50, última modificação 17/10/2018 13h50
Vereadores têm até às 13h de amanhã (18) para encaminhar propostas
Mesa Diretora abre novo prazo para emendas à LOA 2019

Mesa Diretora, na sessão desta quarta-feira: novo prazo para emendas (foto: Edilberto Barros/CMM)

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Mossoró abriu novo prazo para apresentação de emendas dos vereadores ao projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019. Assim, as emendas ao Projeto de lei do Executivo n° 1204/2018 podem ser encaminhadas pelos gabinetes parlamentares até às 13h de amanhã (18).

A prorrogação do prazo foi comunicada pela presidente do Legislativo, Izabel Montenegro (MDB), na sessão ordinária desta quarta-feira. “Com isso, a Ordem do Dia da sessão ordinária do próximo dia 23 (terça-feira) será dedicada à leitura, na íntegra, das novas emendas recebidas”, informa a vereadora.

Com o novo prazo, a Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade (COFC) anunciará sua decisão sobre acatamento ou não de emendas dia 13 de novembro, quando também haverá a votação do projeto em primeiro turno e, dia 21 de novembro, votação em segundo turno, finalizando a apreciação da LOA.

A Lei Orçamentária Anual estima receita e fixa despesas da Prefeitura de Mossoró e é uma das matérias mais importantes do ano para o Município, já que nenhuma ação pode ser executada pelo Executivo, sem que esteja prevista na LOA. Os vereadores têm a prerrogativa de aperfeiçoar a lei, através de emendas.

Izabel Montenegro defende reforço contra câncer de mama

por Regy Carte publicado 17/10/2018 12h56, última modificação 17/10/2018 12h56
Vereadora diz que procura por mamografias supera expectativa
Izabel Montenegro defende reforço contra câncer de mama

Vereadora Izabel Montenegro: defesa da saúde da mulher (foto: Edilberto Barros)

Ao comentar o sucesso das mamografias oferecidas pela Câmara Municipal de Mossoró, contratadas ao Grupo Reviver, a vereadora Izabel Montenegro (MDB) anunciou que, como a procura foi bem maior do que a oferta, está sendo feito cadastro para oferecimento de novos exames, em parceria com o Instituto de Mama.

 “A expectativa é que essa ação beneficie aproximadamente 700 mulheres”, informa a presidente da Câmara, ao acrescentar que os exames realizados na unidade móvel do Grupo Reviver, estacionado em frente à sede do Legislativo (Centro), entre segunda-feira (15) e hoje (17), atraíram atenção de outros municípios.

“Soube que, hoje, vieram vans de diversas cidades da região, e recebi telefonemas de vários presidentes de Câmaras, interessados em levar a ação para seus municípios”, completou. A alta procura, segundo ela, expõe a necessidade de reforçar a atenção à mulher, especificamente em relação ao câncer de mama.

“Por isso, quando passar o segundo turno da eleição, vamos retomar a campanha solidária para arrecadação de fundos para compra de um mamógrafo para a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC)”, anuncia Izabel.

A iniciativa, lançada no ano passado em parceria com Associação de Registradores e Notários do Rio Grande do Norte (Anoreg), já arrecadou cerca de R$ 80 mil, mas o mamógrafo custa mais. “Esse equipamento beneficiará mulheres não só de Mossoró, mas de 65 municípios atendidos pela Liga”, informa.

Em apartes, parabenizaram a iniciativa da Câmara e apoiaram a mobilização sugerida pela presidente os vereadores Raério Emídio (PRB), Petras (DEM), Tony Cabelos (PSD), Maria das Malhas (PSD), Isolda Lula Dantas (PT), Alex do Frango (PMB) e Didi de Arnor (PRB).

Ações do documento